O Google processa cerca de 40 mil buscas a cada segundo. Isso dá 3,5 bilhões de pesquisas por dia. Toda essa exposição pode ser muito positiva para uma empresa se ela conquistar um bom posicionamento no Google.

Contar com um posto de destaque no buscador não é questão de sorte. Se o seu conteúdo tiver qualidade e estiver otimizado segundo as normas de SEO, ele naturalmente contará com uma boa posição.

Que tal melhorar o posicionamento do seu site no Google? Basta seguir essas dicas:

1. Palavra-chave

A palavra-chave é um dos elementos mais importantes para melhorar o seu posicionamento no Google. Se você quer ser encontrado com facilidade, é preciso se lembrar de que cada busca é feita a partir de combinações de palavras.

Ao planejar seu conteúdo, escolha qual palavra-chave é mais importante e certifique-se de que ela apareça em um bom número de vezes. Não pode exagerar, já que o algoritmo do buscador consegue detectar abusos.

2. Meta tags

Assim como cada conteúdo do seu site precisa de uma palavra-chave, ele também precisa estar bem configurado para aproveitá-la. Esse é o papel das meta tags: são partes de código inserido no seu site que servem para mostrar ao Google sobre o que é cada conteúdo.

Sem meta tags devidamente configuradas, o algoritmo do Google não consegue determinar o assunto daquele conteúdo e a tendência é perder posições no ranking. As principais meta tags são referentes ao título e à descrição da página.

3. Conquiste links

O algoritmo do Google consegue vasculhar (quase) tudo que há na internet graças aos links. São essas ligações inteligentes que levam a novo conteúdo e ajudam a determinar a importância de cada página.

Isso fica bem mais fácil se você publica conteúdo inédito com regularidade, já que suas chances de receber links de outros sites aumenta. Veja aqui os principais motivos para ter um blog para sua empresa.

4. Crie links internos

Além de conquistar links de outros sites, você também deve vincular conteúdo do seu próprio site. Isso aumenta o tempo de visita dos seus usuários, o que é bastante positivo para SEO.

Lembre-se de que esses links internos precisam fazer sentido. Não adianta criar vários que não possuem relação com o conteúdo. Veja todo o seu material e comece a enxergar possíveis conexões para serem feitas.

5. Velocidade

Um site lento costuma proporcionar uma experiência pior aos usuários e o objetivo do Google é sempre contar com o melhor conteúdo entre os seus resultados. Poucas pessoas costumam insistir em um site lento e isso possui um impacto bem negativo na sua performance.

Se o seu site está carregado de recursos e isso impacta a performance dele, está na hora de alguns ajustes.

6. Mobile-friendly

Exemplo de design mobile-friendly em várias telas

O seu site é responsivo? Se ele não abre corretamente em todo tamanho de tela, pode sofrer uma penalidade pelo Google.

Recentemente, o buscador passou a priorizar as páginas mobile-friendly no ranking. Portanto, se o seu site não funciona bem em smartphones ou tablets, é preciso fazer mudanças o quanto antes.

7. Imagens

Você não depende completamente de texto para melhorar o posicionamento no Google. As suas imagens também podem ajudar nisso, mas precisam estar com a alt tag adequada, de preferência usando a palavra-chave do post.

8. Qualidade

O objetivo de todo site de buscas como o Google é oferecer o melhor conteúdo para quem faz as pesquisas. Portanto, além de implementar todas essas outras otimizações que recomendamos, você não pode se esquecer do básico: produzir um site que tenha qualidade.

Todos esses pontos são essenciais para uma presença competitiva na internet. Se o seu posicionamento no Google não é bom, todas as outras áreas do seu marketing sofrem junto. Felizmente, SEO não é um conceito difícil. Basta trabalhar de forma estratégica e ficar de olho na performance das suas páginas. Vamos começar?

Aproveite e veja esse vídeo que o TIP produziu sobre esse assunto e pode ajudar ainda mais você a melhorar seu posicionamento no Google:

Falando em site, ele só vai trazer benefícios para a sua marca se passar longe de alguns problemas bem graves. Será que você está passando por isso? Então veja tudo nesse post aqui do blog.

Banner com link para o ebook Web Analytics na Prática, assunto relacionado ao seu posicionamento no Google

Banner com link para o ebook Web Analytics na Prática, assunto relacionado ao seu posicionamento no Google